cinnabar @ 11:34

Ter, 10/06/08

Quando vi esta receita, soube de imediato que tinha de experimentar. Corri para a cozinha e fiz logo 2!
Podem não saber, mas sou um desastre na cozinha. Completamente. Uma vez tentei fazer panquecas e a casa ficou a cheirar a borracha queimada durante dois dias - e isto foi só uma das minhas experiências. Recentemente, aprendi a fazer omeletes. Eu sei que é uma vergonha uma rapariga que diz querer ser independente só agora ter aprendido a fazer o raio de uma omelete, mas o que é que querem. Eu mal sei descascar fruta =x

Seja como for, só estava a dar exemplos da minha inépcia para poderem comparar com o resultado do bolo:

MAGNIFIQUE! Talvez o aspecto seja um bocado achatado e tal, mas lembrem-se que é feito numa caneca. E o sabor é ÓPTIMO. Caso não tenham cacau em pó, usem Nesquik, que acho que até resulta melhor.
E é melhor passarem depois a massa para uma caneca untada, para depois desenformar facilmente. Lembrem-se, TRÊS minutos no microondas com a potência máxima. Se puserem muito mais, acabam por ficar com o bolo torrado.

Esta receita foi juntada à das omeletes + tostas + lasanha para microondas como truques-de-cozinha-para-mulheres-independentes-que-não-conseguem-estrelar-um-ovo.


Espécie de diário de 3 - Kátia, Filipa, Olga - adolescentes. Linguagem por vezes ordinária, muy drama, tiradas poéticas, desabafos, parvoíces, ilusões, queixas da vida, análises cuidadosas e centralizadas sobre factos da vida (ahahah), ou outra treta qualquer que nos apeteça postar / partilhar com o resto do mundo.

RSS